Quebra do sigilo bancário deixou de ser tabu em ações de execução de créditos

Logo após ser condenado em juízo a pagar quase R$ 10 milhões, um empresário paulista se desfez da participação majoritária que tinha na indústria da família. Cedeu suas quotas sociais a um dos filhos, por ínfimos R$ 10.

Leia o artigo na íntegra